segunda-feira, 26 de maio de 2014

SENSUALIDADE LATINA...







Nota:
Não sei se alguém a reconhece... mas a menina deste vídeo de 2008 chama-se Ruth Lorenzo e foi a representante da RTE no Festival da Eurovisão deste ano.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

REVIVER BRACARA AUGUSTA...



(foto tirada durante a edição de 2013)


BRAGA está este fim de semana de portas abertas para receber quem quiser reviver a Bracara do tempo do imperador romano César Augusto. 

Venham visitar a cidade e desfrutar do ambiente, da cor, dos aromas e sabores daqueles tempos.



Sites de interesse:

quinta-feira, 22 de maio de 2014

DIREITO À INDIGNAÇÃO!! :((


Quem me conhece minimamente sabe que tento ser uma pessoa tolerante e o mais ecléctica que consiga.
Mas há coisas que não consigo engolir e chego mesmo a ser intolerante com a estupidez, com o ódio, com a violência, com a crueldade e com a injustiça.

Podia fazer como tantas e tantas vezes faço... ignorar, dar desprezo, manter-me na minha habitual forma de estar e não fazer ondas...
Mas desta vez não consigo calar a minha indignação ao aperceber-me de que há no nosso país quem use a música como veículo de violência e propaganda à anarquia...

Não vou dar aqui tempo de antena a quem não o merece, este espaço florido é a minha casa e aqui só quero mostrar coisas belas. Mas se alguém quiser saber porque estou tão indignada, pode ir ler ESTE artigo e este POST da Helena Sacadura Cabral. Muitos dos comentários que lá se podem ler espelham bem o meu sentimento. 


Como contraponto ofereço-vos um poema de Eugénio de Andrade... onde se fala de uma certa urgência...

URGENTEMENTE


É urgente o amor 
É urgente um barco no mar 

É urgente destruir certas palavras, 
ódio, solidão e crueldade, 
alguns lamentos, muitas espadas. 

É urgente inventar alegria, 
multiplicar os beijos, as searas, 
é urgente descobrir rosas e rios 
e manhãs claras. 

Cai o silêncio nos ombros e a luz 
impura, até doer. 
É urgente o amor, é urgente 
permanecer. 

Eugénio de Andrade, in "Até Amanhã"


a ouvir... 

sexta-feira, 16 de maio de 2014

ÁGUA FONTE DE VIDA... E NÉCTAR DOS DEUSES




Pormenores da Fonte de Neptuno em Bolonha




Graças a ESTE POST da minha amiga Janita fiquei a conhecer a fonte de Neptuno em Bolonha, monumento símbolo da cidade e conhecido como o "Gigante de Bolonha".

Giambologna, o escultor deste monumento de estilo maneirista e de forte cariz erótico, faz uma analogia entre a água como fonte de vida... tal e qual como o leite materno. Infelizmente a igreja não o deixou esculpir o órgão genital de Neptuno com o tamanho que ele pretendia.  :)) 



a ouvir... 




Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Giambologna
http://it.wikipedia.org/wiki/Fontana_del_Nettuno_(Bologna)
https://www.flickr.com/photos/cienne/sets/72157594327861468/
http://eumundoafora.blogspot.pt/2011/12/sete-segredos-de-bologna.html
http://italianarte.weebly.com/1/post/2012/08/bolonha-e-a-fontana-del-nettuno.html

domingo, 11 de maio de 2014

ECOS DO FESTIVAL DA EUROVISÃO...


Gostos e polémicas à parte, deixo-vos aqui o que para mim foi o momento alto da edição deste ano do EUROVISION SONG CONTEST 2014, um momento onde a Europa unida cantou a uma só voz este refrão...

Way-a way-o way-o way-a
Way-o way-o way-a
Way-o way-o way





Nota: adoro sons tribais... e se esta música tivesse ido a concurso, aposto que Emmelie de Forest voltava a ganhar este ano  :))
Podem ouvir a versão de estúdio AQUI  ♫♪

quarta-feira, 7 de maio de 2014

SOMBRAS NA PELE...


Foto de Alisa Verner


... será que é desta que o sol veio para ficar??
a ouvir... 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

FESTIVALICES...








Para mim a canção representante da Áustria é uma séria candidata à vitória da edição do Festival da Eurovisão deste ano.

(o vídeo foi feito durante o ensaio para o espectáculo da segunda semi-final, que terá lugar no dia 8 deste mês em Copenhaga)

Nota: Video da Semi-final AQUI


domingo, 4 de maio de 2014

PORQUE AS MÃES... SÃO ETERNAS


Foto da Net


Para Sempre


Por que Deus permite 
que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, 
é tempo sem hora, 
luz que não apaga 
quando sopra o vento 
e chuva desaba, 
veludo escondido 
na pele enrugada, 
água pura, ar puro, 
puro pensamento. 
Morrer acontece 
com o que é breve e passa 
sem deixar vestígio. 
Mãe, na sua graça, 
é eternidade. 
Por que Deus se lembra 
— mistério profundo — 
de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, 
baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca, 
mãe ficará sempre 
junto de seu filho 
e ele, velho embora, 
será pequenino 
feito grão de milho. 


Carlos Drummond de Andrade, in "Lição de Coisas"


sexta-feira, 2 de maio de 2014

POESIA DE Mª TERESA HORTA...



A VAGINA


É cálida flor
e trópica mansamente
de leite entreaberta às tuas
mãos


feltro das pétalas que por dentro
tem o felpo das pálpebras
da língua a lentidão


Guelra do corpo
pulmão que não respira


dobrada em muco
tecida em sua água


Flor carnívora voraz do próprio
suco
no ventre entorpecida
nas pernas sequestrada.




Maria Teresa Horta in "Os Anjos", 1983


a ouvir... 

quinta-feira, 1 de maio de 2014

POSTCARD FROM BRAGA...




Os meus jardins estão sempre floridos  :)))

Jardim de Santa Bárbara


BOM FERIADO PARA TODOS !!